SAUDADE EM VERSO E PROSA

O amor verdadeiro vai muito além dos sonhos desta vida...

Textos


SINA DE POETA
 
Vendo a tua foto lembrei d!um passado,
Dores que eu pensava extintas no peito!
E acreditando delas  já refeito
Não vi meu sentimento  obcecado!
 
Mas, a  emoção  do vate é sina, é fado,
Por isso o poeta a tudo está sujeito!
Num momento sofri do antigo jeito
E me vi no teu corpo entrelaçado!
 
A paixão é breve, até sem sentido
Disse um sábio...  É como a tempestade
Que chega ensombra o dia e logo passa...
 
Tomara, pois que este  amor é proibido...
Marcado pela adaga da saudade
Já neste instante a minha alma trespassa!
 


Imagem: Google
Musica de fundo: Hino ao Amor ( Edith Piaf ) Piano:  Harry Völker 

 
Nelson de Medeiros
Enviado por Nelson de Medeiros em 29/12/2016
Alterado em 29/12/2016

Música: EDITH PIAF - l'Hymne à l'Amour - piano - Harry Völker - Edith Piaf

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras